As Regras

 

As regras d'um soneto, ou de qualquer poema...

Deixaram de ser Arte, ao som das Liras idas;

E 'sculhambaram a Música, em todos os sistemas...

Co'as mórbidas melodias escronchas  auferidas!

 

Pacco



Paulo *16h40






No limiar d'aurora

 

Te amei, te amei e te amei... Imensuravelmente...

Ao ver-te incandescente  à luz esplendorosa,

A iluminar minh'alma ardente e venturosa 

No limiar d'aurora  em gozos mui frementes!


Vibramos nesse orgasmo  inesgotavelmente...

Tão belo e reluzente, em meio às lindas rosas,

Repletas de fragrância, em olências extremosas, 

De flores ardorosas  um olor intermitente!


Tu estavas deslumbrante  à beira da cascata,

No meio da floresta esmensurada... e ávida

De amores no infinito... ao som da catarata...


E mergulhamos nus... nas águas verdes, cálidas!...

E nos amamos tanto  ao extremo d'alvorada 

Num mar de ardores mil, entre as espumas álidas!!

 

Pacco



Paulo *16h32






Um "poeta"

 

Se o poeta fosse músico,

Faria u'a linda canção!...

Ele acha que isto é lúdico,

— Escrever u'a aberração!

 

Pacco
 

___________________________________ 

 

Maestro versus Compositor

 

O compositor usa sua imaginação,

Gerando emoção sobre o eco invocativo.

Ele manifesta o processo criativo,

Transformando em arte esta simples inspiração.

O espírito flutuante traz a canção,

Num movimento inefável de liberdade,

Adornado de cores e expressividade.

As melodias ecoam suavemente, 

Como uma onda leva o barco livremente,

Num equilíbrio de pura sonoridade.

 

O compositor especula cada trecho 

De sua obra, temperando com nuanças,

Num estilo próprio, e vai compondo mudanças,

A ponto d'elevar su'alma em cada entrecho...

O mágico contraponto embeleza o trecho.

O espírito está dotado de conhecimento...

Trespassa o processo no mais belo andamento;

Nos belos elevários, trilos e mordentes,

Accelerando e improvisando os incidentes,

Nos esbarros acidentais  fecha o desfecho.

 

O maestro, não. Este só deturpa a música.

Rege de qualquer jeito, co'a maior desfeita

Ao artista, que a esculpiu pra deixar perfeita...

Trabalhando noite e dia co'a metafísica.

Mesmo que a tal regência pareça ser lúdica,

O pobre maestro não entende o processo

Dessa volição 'speculativa de acesso.

"A palavra artista é bastante incompreendida,"

 Disse Stravinsky! Se a obra não é entendida...

Certamente, a mentalidade estará "tísica".

 

Os maestros, principalmente os brasileiros...

Pedem para os incompetentes dos spallas

Segurarem a barra, para não darem palas

Nas cadências sincopadas dos estrangeiros...

Nos movimentos mais simples dos violeiros,

Ficam atordoados; mas a pose, não perdem!

Fingem que estão regendo na fiel subordem,

Enganando a multidão  na mor cara dura,

E fazem de conta que olham à partitura,

Como se entendessem o rubato da desordem!

 

Muitos não sabem se é Dó, ou Fá# sustenido!...

Cadência? É tudo igual; maior, menor, não importa;

P'ra que entender de tonalidade... Se a porta

É surda, e ressoa uma voz tal qual um ganido?

Devem admitir que, realmente, é um gemido...,

Assombrando a imaculada sociedade!...

Nos profundos distúrbios co'a afabilidade...

Somente fazendo elo com alguns políticos, 

Terão como fazer um som apocalíptico... 

Para agradar ao mor Dragão  o destemido! 

 

Pacco



Paulo *23h40





- 01/07/2017 a 31/07/2017
- 01/03/2017 a 31/03/2017
- 01/11/2016 a 30/11/2016
- 01/03/2016 a 31/03/2016
- 01/01/2016 a 31/01/2016
- 01/12/2015 a 31/12/2015
- 01/10/2015 a 31/10/2015
- 01/08/2015 a 31/08/2015
- 01/07/2015 a 31/07/2015
- 01/05/2015 a 31/05/2015
- 01/04/2015 a 30/04/2015
- 01/03/2015 a 31/03/2015
- 01/02/2015 a 28/02/2015
- 01/01/2015 a 31/01/2015
- 01/12/2014 a 31/12/2014
- 01/11/2014 a 30/11/2014
- 01/08/2014 a 31/08/2014
- 01/07/2014 a 31/07/2014
- 01/05/2014 a 31/05/2014
- 01/04/2014 a 30/04/2014
- 01/03/2014 a 31/03/2014
- 01/02/2014 a 28/02/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/10/2013 a 31/10/2013
- 01/09/2013 a 30/09/2013
- 01/08/2013 a 31/08/2013
- 01/07/2013 a 31/07/2013
- 01/06/2013 a 30/06/2013
- 01/05/2013 a 31/05/2013
- 01/04/2013 a 30/04/2013
- 01/03/2013 a 31/03/2013
- 01/02/2013 a 28/02/2013
- 01/01/2013 a 31/01/2013
- 01/11/2012 a 30/11/2012
- 01/10/2012 a 31/10/2012
- 01/09/2012 a 30/09/2012
- 01/08/2012 a 31/08/2012
- 01/07/2012 a 31/07/2012
- 01/06/2012 a 30/06/2012
- 01/05/2012 a 31/05/2012
- 01/04/2012 a 30/04/2012
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/01/2012 a 31/01/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/11/2011 a 30/11/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/09/2011 a 30/09/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/07/2011 a 31/07/2011
- 01/06/2011 a 30/06/2011
- 01/05/2011 a 31/05/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/03/2011 a 31/03/2011
- 01/02/2011 a 28/02/2011
- 01/01/2011 a 31/01/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/06/2010 a 30/06/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009