Vermeorgia


Os vermes devoravam um muco no sepulcro,

A carne podre, o fel e o sangue já coalhado...

Dentro da lousa fria, os vermes mosqueados

Lambiam a podridão d'um duro velho cancro.


Nas sórdidas orgias, em horrendos simulacros,

D'um sacerdote laico, em mórbido vil bispado,

Nu'a atroz pedofilia ao infante afeminado,

Num holismo arcerbispado — ao indecoroso sacro...


Trazendo a desventura — às pobres criaturas,

Nu'a etérea saturnal que dizimavam as proles,

Co'os anjos e demônios e as virgens às escuras,


Num manifesto à orgia — em pútridos consoles...

Que outrora eram sagradas  as cortesãs  mais puras...

Tão puras como a Eva e Lilith sem lessoles!


Pacco



Paulo *11h16






Oh! Musa amada


Se devo descrever-te... Oh! Musa amada:

Quero criar infindos neologismos!...

Porque não existem ardores nem empirismos,

Maiores que tu'alma  constelada!


E a vejo num infinito — desfraldada

De encantos, nos reverberos holismos,

Tão cheios de erotismos e dinamismos,

Nos raios de tua essência iluminada!


Que a luz no firmamento  co' euforia...

Os Astros mostrem os dédalos em festa,

— Lirismo e romantismo em demasia...!


Tu sabes, oh! donzela, qu'és minha Mestra;

Qual música ardorosa  em travessia 

Nos píncaros mais lindos da floresta!


Pacco



Paulo *19h23






O Cravo Bem Temperado


Busquei lá dentro d'alma os signos mais brilhantes,

Para entoar a essência em tom de sinfonia,

Maravilhosamente, engendro uma Fantasia,

Cheia de contratempos e acordes alterados:


Eólio, dórico, frígio e lócrios dissonantes...,

Com jônio, lídio e hipo, em infindas harmonias:

Modais, tonais, quartais..., repletos de eufonia...

Oh! Imperioso arfante... Oh! Mixolídio iriante!


Nos tons fundamentais e quiálteras que sucinto,

Na polirritmia em deslumbrantes gradus...

Transponho as melodias aos modos inextintos,


Co'os ritmos sincopados e arpejos alterados...,

D'um mavioso deus... Um gênio mui distinto:

Johann Sebastian Bach... Oh! Cravo Temperado!


Pacco



Paulo *11h56






Palimpsesto


Co' auxílio dos Teus cantos ardorosos,

Num edílio musical de amor honesto...

Tu deixas em minh'alma um manifesto

De encanto, nos meus versos suntuosos!


E escrevo estes sonetos mui saudosos,

Co' a harpa, a lira e o canto em palimpsesto,

Nu'a essência divinal, de ardentes gestos,

— D'estos graciosos gestos deleitosos!...


Em Teus versos de amor — apaixonados,

Insisto a perscrutar os sons brilhantes,

— Que inflamo e regozijo obstinado,


Em Tua real cadência deslumbrante!...

Dest'arte, devo a Ti —, ser iluminado,

Na essência de Tu'alma flamejante!


Pacco



Paulo *14h05






Fragrância extremosa


Quando o sol resplandece no horizonte,

Apresenta u'a ardorosa exuberância...

Nu'a fragrância extremosa co' elegância,

Num arrebol que enriquece o céu, piemontes...


Que engrandece e aderece infindas fontes,

Co'as mais lindas estrelas em abundância...

Onde os ventos rebramam u'a consonância,

Que enaltece e dá vida aos mares, montes...


Cachoeiras... co' o vento ao som das águas,

Entoando u'as gostosas melodias... 

Num revérbero mágico em quedas-d'água!...


São evidências de excelsas ousadias...

Onde há egrégia em ascensão e afunda as mágoas,

 Entre as rochas  sublimes pousadias!...

 

Noeli Lazarotto // Paulo Costa (Pacco)



Paulo *17h25





- 01/07/2017 a 31/07/2017
- 01/03/2017 a 31/03/2017
- 01/11/2016 a 30/11/2016
- 01/03/2016 a 31/03/2016
- 01/01/2016 a 31/01/2016
- 01/12/2015 a 31/12/2015
- 01/10/2015 a 31/10/2015
- 01/08/2015 a 31/08/2015
- 01/07/2015 a 31/07/2015
- 01/05/2015 a 31/05/2015
- 01/04/2015 a 30/04/2015
- 01/03/2015 a 31/03/2015
- 01/02/2015 a 28/02/2015
- 01/01/2015 a 31/01/2015
- 01/12/2014 a 31/12/2014
- 01/11/2014 a 30/11/2014
- 01/08/2014 a 31/08/2014
- 01/07/2014 a 31/07/2014
- 01/05/2014 a 31/05/2014
- 01/04/2014 a 30/04/2014
- 01/03/2014 a 31/03/2014
- 01/02/2014 a 28/02/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/10/2013 a 31/10/2013
- 01/09/2013 a 30/09/2013
- 01/08/2013 a 31/08/2013
- 01/07/2013 a 31/07/2013
- 01/06/2013 a 30/06/2013
- 01/05/2013 a 31/05/2013
- 01/04/2013 a 30/04/2013
- 01/03/2013 a 31/03/2013
- 01/02/2013 a 28/02/2013
- 01/01/2013 a 31/01/2013
- 01/11/2012 a 30/11/2012
- 01/10/2012 a 31/10/2012
- 01/09/2012 a 30/09/2012
- 01/08/2012 a 31/08/2012
- 01/07/2012 a 31/07/2012
- 01/06/2012 a 30/06/2012
- 01/05/2012 a 31/05/2012
- 01/04/2012 a 30/04/2012
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/01/2012 a 31/01/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/11/2011 a 30/11/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/09/2011 a 30/09/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/07/2011 a 31/07/2011
- 01/06/2011 a 30/06/2011
- 01/05/2011 a 31/05/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/03/2011 a 31/03/2011
- 01/02/2011 a 28/02/2011
- 01/01/2011 a 31/01/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/06/2010 a 30/06/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009