~~~
Trombas-d'água ~~~

 

 Desci as escadas d'um rio...

 Num barco — fui navegar...

  Nu'a noite escura  deu frio...

 Ao ver as ondas do mar!

 Não sei s'estava a sonhar,

 No meio das trombas-d'água...

Co'o vento  cheio de mágoa,

Erguendo as ondas do mar!

 

O vento era um só gemido,

Num açoite incomensurável...

Zumbindo, tão ressentido,

Deveras  incontrolável!

Foi um abalo insuportável,

Debaixo da carga-d'água!...

Em meio à procela e bágua,

Num assombro inexpugnável!

 

  Pacco



Paulo *19h35






Alegremente

 

... Alegremente a bailar,

Qual beija-flor num jardim;

Pousar nu'a flor de jasmim,

Tão docemente a cantar.

 

O beija-flor sente o olor,

Da flor mais bela o jasmim!

E baila assim sobre a flor,

Qual Querubim no jardim!

 

Pacco



Paulo *00h35






Maria Rima

 

P'ra que rimar,

Se a Rima

Não rima

Como eu rimo?

 

Se eu rimasse

Como a Rima rima...

Não extrapolava a rima,

  E mudaria a rima!...

 

Se a mina não rima,

Como a prima rima...

Não animaria a rima...,

  Co'essa Maria Rima

 

Que assassinava a rima,

Co'essa bendita rima;

(Que tanto me alucina,)

Quand'ouço essa obra-prima!

 

E vi Maria Rima

Rimar como eu rimo;

Com números primos,

Co'a arte que ensino!

 

E ri Maria Rima...

E ri Maria Rima!...

 

Se a Rima não rima,

  Como a prima rima...

 

Daria uma rimada

Na rima,

  Até a Rima rimar...

 

Rimar como eu rimo,

Rimar como eu rimo!

 

S'eu soubesse rimar,

Como a Maria Rima...

 

Não assassinava a rima,

Nem extrapolava a rima;

  Enganaria a rima...

 Sem ritmar a rima.

 

Mas vi a Rima rimar,

Rimar por rimar;

Rimava no ar,

  Sem nada rimar...

 

E assassinava a rima,

A tal maldita rima;

E eu mudaria a rima,

  Mas sem matar a rima!

 

E rimaria a rima,

   E rimaria a rima!...

 

Pacco



Paulo *04h33






Chorinhos

 

 Ao ouvir os passarinhos

'Screvo um belo contraponto;

E não ouço um só confronto,

Quando impronto os meus Chorinhos!

 

Pacco



Paulo *16h15






Música e Poesia

 

  Sinceramente: pra quê...

  Quero mais felicidade?...

 Se já tenho a Poesia,

  E a Música de verdade!

 

  Pacco



Paulo *17h14






 

Eu vou ganhar na sena!

 

Na próxima semana, eu vou ganhar na sena!

E podem acreditar que fora um passarinho

Saindo de seu ninho, assim num azul-marinho...

Mostrando co'o biquinho as principais dezenas.

 

Nem sei como explicar essa engenhosa cena.

Mas posso revelar que fora um coleirinho

Trazendo uma cantilena ao lindo ribeirinho

Pousando nu'a videira a açambarcar a avena.

 

Tomei um belo vinho, ao lado de seu ninho,

Além de admirá-lo ao vê-lo co'as dezenas...

Co'os números que apontam a luz do meu caminho...

 

E já sentiu minh'alma, o aroma da açucena...

Qual belo passarinho esfuziante em alinho...

E eu disse àquele ser: tão belas são suas penas!

 

Paulo Costa (Pacco)



Paulo *22h11






Alfombra

 

(...) E ouço uma longa e bela sinfonia,

Nos álamos à beira da cascata...

E vejo a minha história em serenata,

Gozar n'alfombra, enfim, nessa harmonia.

 

Pacco



Paulo *22h00








Paulo *12h20






Verdade

 

O que significa a Verdade, na vida?...

Se a liberdade vai compondo essa ansiedade,

E resplandece a atrocidade desmedida...

Pois, na verdade, há inverdade na Verdade!

 

Pacco



Paulo *17h46






O voo da águia

 

O voo da águia é perfeito...

(Ela é a rainha das aves!)

E pousa assim, tão suave,

Nos Alpes sob seu leito.

 

Pacco



Paulo *13h08






O Aleijadinho

 

Estava em Minas Gerais,

Na terra do Aleijadinho;

E olhava aqueles dedinhos

Do gênio, não vi jamais! 

Suas obras são tão reais,

Que invade, lá dentro d'alma,

E sopra a paz em minh'alma,

Ao ver seu 'stilo barroco,

Em forma de rococó —,

Co'as velas nos castiçais.

 

Na Igreja de São Francisco,

Lá embaixo na sacristia,

O chafariz é a harmonia!...

Envolve um amor tão misto,

Tal qual a Imagem de Cristo

Talhada em pedra-sabão!...

E o mestre com suas mãos,

'Sculpiu os doze profetas,

Co'os versos ditando as metas,

Que Deus o incumbiu a isto!

 

Pacco



Paulo *23h13






Oblação

 

(...) O que é da população...

Só Deus sabe seu final!...

Quando os homens  na oblação,

Dizem amém ao deus do mal.

  

Pacco



Paulo *14h27






A corja

 

  A corja do mensalão

 Sempre assola esta nação!...

  Co'essa esmola do escalão...

Pobre Escola e Educação!

 

Pacco



Paulo *07h17





- 01/07/2017 a 31/07/2017
- 01/03/2017 a 31/03/2017
- 01/11/2016 a 30/11/2016
- 01/03/2016 a 31/03/2016
- 01/01/2016 a 31/01/2016
- 01/12/2015 a 31/12/2015
- 01/10/2015 a 31/10/2015
- 01/08/2015 a 31/08/2015
- 01/07/2015 a 31/07/2015
- 01/05/2015 a 31/05/2015
- 01/04/2015 a 30/04/2015
- 01/03/2015 a 31/03/2015
- 01/02/2015 a 28/02/2015
- 01/01/2015 a 31/01/2015
- 01/12/2014 a 31/12/2014
- 01/11/2014 a 30/11/2014
- 01/08/2014 a 31/08/2014
- 01/07/2014 a 31/07/2014
- 01/05/2014 a 31/05/2014
- 01/04/2014 a 30/04/2014
- 01/03/2014 a 31/03/2014
- 01/02/2014 a 28/02/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/10/2013 a 31/10/2013
- 01/09/2013 a 30/09/2013
- 01/08/2013 a 31/08/2013
- 01/07/2013 a 31/07/2013
- 01/06/2013 a 30/06/2013
- 01/05/2013 a 31/05/2013
- 01/04/2013 a 30/04/2013
- 01/03/2013 a 31/03/2013
- 01/02/2013 a 28/02/2013
- 01/01/2013 a 31/01/2013
- 01/11/2012 a 30/11/2012
- 01/10/2012 a 31/10/2012
- 01/09/2012 a 30/09/2012
- 01/08/2012 a 31/08/2012
- 01/07/2012 a 31/07/2012
- 01/06/2012 a 30/06/2012
- 01/05/2012 a 31/05/2012
- 01/04/2012 a 30/04/2012
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/01/2012 a 31/01/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/11/2011 a 30/11/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/09/2011 a 30/09/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/07/2011 a 31/07/2011
- 01/06/2011 a 30/06/2011
- 01/05/2011 a 31/05/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/03/2011 a 31/03/2011
- 01/02/2011 a 28/02/2011
- 01/01/2011 a 31/01/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/06/2010 a 30/06/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009