Não sou doutor, nem escritor...

Sou apenas um trovador,

Escrevendo versos d'amor...

Pra amenizar a minha dor!

 

Não pretendo ser poeta,

Muito menos ser doutor;

Nem tampouco ser profeta,

— Já nasci compositor!

 

Poeta que faz a trova,

É chamado  trovador!...

Violeiro que rima a prosa,

Com certeza, é cantador!

 

Quando Deus deu-me a canção...

— Escolheu Sua obra-prima!

Mas também deu-me a ilusão,

— D'escrever poema e rima!

 

Paulo Costa (Pacco) 

____________________________________________

© Todos os Direitos Reservados.

____________________________________________

Nada se cria, nada se perde,

tudo se transforma.

(Antoine Lavoisier)

_______________________________________________  

 Todo este universo, tanto em suas partes,

como em sua totalidade, é uma emanação minha,

e Eu o penetro em minha forma invisível,

Eu que sou o imanifesto.

Todas as coisas de Mim provêm, mas Eu não tenho origem nelas:

em Mim estão todas as coisas, mas Eu  em minha Divindade 

não estou compreendido nelas.

— Não pense que todas as coisas sejam Eu mesmo.

Eu sou o sustentador de tudo, penetro tudo,

mas não sou limitado nem encerrado nisso.

 

(Bhagavad Gitâ)

 

______________________________________________ 


E o homem, vaga que nasce

No oceano popular,

Tem que impelir os espíritos,

Tem uma plaga a buscar.

Oh! maldição ao poeta

Que foge — falso profeta 

Nos dias de provação!

Que mistura o tosco iambo

Com o tírio ditirambo

Nos poemas d'aflição!...



(Castro Alves)

______________________________________________

E-mail: paulocostabass@gmail.com  
Blog: www.pacco.compositor.zip.net 
Site: http://recantodasletras.com.br/autores/pacco 

______________________________________________

http://homenagem.pacco.zip.net 

______________________________________________



Paulo *16h35






Semelhante ao rouxinol

 

Ontem, tu estavas mais que radiante...

Tão deslumbrante  qual raio de sol;

E a cor de tuas madeixas  cintilantes...

Deveras, mais brilhante que o arrebol!


Teus olhos flamejavam u'a luz iriante,

Qual cor d'um diamente  um girassol...

E ecoavam dos teus lábios delirantes...

 Um canto semelhante ao rouxinol!


E almejo essa ventura em flor  formosa,

Perpétua, em sonhos ledos... tão intensos...

 Quando tu vens a mim  maravilhosa!


Debruço no teu corpo, em pleno acenso,

Em meio à claridade  harmoniosa...

Nos píncaros d'amor, de orvalho extenso!

 

Pacco



Paulo *16h28





- 01/08/2016 a 31/08/2016
- 01/06/2016 a 30/06/2016
- 01/03/2016 a 31/03/2016
- 01/01/2016 a 31/01/2016
- 01/12/2015 a 31/12/2015
- 01/10/2015 a 31/10/2015
- 01/08/2015 a 31/08/2015
- 01/07/2015 a 31/07/2015
- 01/05/2015 a 31/05/2015
- 01/04/2015 a 30/04/2015
- 01/03/2015 a 31/03/2015
- 01/02/2015 a 28/02/2015
- 01/01/2015 a 31/01/2015
- 01/12/2014 a 31/12/2014
- 01/11/2014 a 30/11/2014
- 01/08/2014 a 31/08/2014
- 01/07/2014 a 31/07/2014
- 01/05/2014 a 31/05/2014
- 01/04/2014 a 30/04/2014
- 01/03/2014 a 31/03/2014
- 01/02/2014 a 28/02/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/10/2013 a 31/10/2013
- 01/09/2013 a 30/09/2013
- 01/08/2013 a 31/08/2013
- 01/07/2013 a 31/07/2013
- 01/06/2013 a 30/06/2013
- 01/05/2013 a 31/05/2013
- 01/04/2013 a 30/04/2013
- 01/03/2013 a 31/03/2013
- 01/02/2013 a 28/02/2013
- 01/01/2013 a 31/01/2013
- 01/11/2012 a 30/11/2012
- 01/10/2012 a 31/10/2012
- 01/09/2012 a 30/09/2012
- 01/08/2012 a 31/08/2012
- 01/07/2012 a 31/07/2012
- 01/06/2012 a 30/06/2012
- 01/05/2012 a 31/05/2012
- 01/04/2012 a 30/04/2012
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/01/2012 a 31/01/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/11/2011 a 30/11/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/09/2011 a 30/09/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/07/2011 a 31/07/2011
- 01/06/2011 a 30/06/2011
- 01/05/2011 a 31/05/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/03/2011 a 31/03/2011
- 01/02/2011 a 28/02/2011
- 01/01/2011 a 31/01/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/06/2010 a 30/06/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009